7 Prisioneiros: Tudo o que você precisa saber sobre o filme

ANNONCE

A Netflix tem muitas joias intrigantes perdidas na confusão de filmes que possui em seu catálogo. Em 2021, o filme ‘7 prisioneiros’, um drama que mergulha no mundo sombrio do tráfico humano com questões complexas de moralidade, entrou para essa lista.

O filme brasileiro, apesar de ter passado quase desapercebido pela mídia nacional, tem uma premissa emocionante e alguns dos maiores diretores do cinema moderno por trás dele.

Para ajudá-lo a conhecer melhor a obra aqui está tudo o que você precisa saber sobre ‘7 prisioneiros’.

Data de estreia e onde assistir

‘7 Prisioneiros’ estreou em cinemas selecionados e na Netflix globalmente em 5 de novembro de 2021.

O filme foi exibido no 78º Festival Internacional de Cinema de Veneza e sua estreia norte-americana aconteceu no Toronto International Film Festival (2021) na seção Contemporary World Cinema.

Além de ser exibido em diferentes festivais ao redor do mundo o filme também foi adicionado ao catálogo da Netflix simultaneamente as estreias. No momento, além do catálogo brasileiro, o filme está disponível em poucos catálogos do serviço de streaming ao redor do mundo.

Se você deu o azar de não estar no Brasil, ou deseja assistir outros filmes que também possuem georestrições, saiba que é possível contornar esse problema. Com as melhores VPNs gratuitas para Netflix, assistir a programas de qualquer lugar do mundo não será um problema daqui para frente.

O que acontece no filme ‘7 Prisioneiros’?

Christian-malheiros-de-pe-numa-fabrica-de-roupas
Christian Malheiros em fábrica de roupas

‘7 Prisioneiros’ é um drama brasileiro sobre a escravidão moderna e o tráfico de pessoas no Brasil. O filme segue um jovem de 18 anos que espera sustentar sua família quando aceita um emprego em um ferro-velho em São Paulo.

Não demora muito para que ele e os outros garotos contratados percebam que se envolveram no perigoso mundo do tráfico humano.

Preso em uma situação aterrorizante, ele terá que decidir entre trabalhar para o homem desprezível que o escravizou ou arriscar o futuro de sua família. O drama emocionante faz um passeio fascinante, lidando com questões de moralidade, traição e maldade.

Direção, roteiro e equipe técnica

‘7 Prisioneiros’ foi dirigido pelo diretor de “Sócrates”, Alexandre Moratto, que ganhou reputação por seu estilo de filmagem socialmente consciente e profundamente pessoal.

Ele co-escreveu o roteiro com Thayná Mantesso. Os cineastas indicados ao Oscar, Fernando Merielles (‘Cidade de Deus’) e Ramin Bahrani (‘O Tigre Branco’) produziram o filme, juntamente com Moratto, Andrea Barata Ribeiro e Bel Berlinck.

Elenco e personagens

Christian Malheiros interpreta Mateus, o personagem principal cujas esperanças de construir um futuro melhor para sua família são complicadas pela terrível verdade de seu novo emprego.

Malheiros também protagonizou o filme anterior do diretor Alexandre Moratto.

Este papel foi escrito especificamente com ele em mente. ‘7 Prisioneiros’ marca a terceira aparição de Malheiros em longa-metragem, depois de estrelar ‘Transmissão’ (2020). Rodrigo Santoro interpreta o terrível empregador de ferro-velho, Luca.

‘7 Prisioneiros’ conta também com Vitor Julian como Ezequiel, Lucas Oranmian como Isaque e também com Cecilia Homem, Dirce Thomaz e Bruno Rocha.

Se você gostar de ‘7 prisioneiros’ assista também ‘Sócrates’

Sócrates recebeu muita atenção e prêmios em 2019 – este é o primeiro longa-metragem do cineasta brasileiro-americano Alexandre Moratto.

Sócrates tem uma vida complicada. Há muito tempo ele lida com a homofobia, após a morte de sua mãe, voltar para seu pai homofóbico não é uma opção para ele. Ao longo do filme, vemos o jovem fazendo todo o possível (até mesmo mantendo a morte de sua mãe em segredo) para não ser enviado de volta ao pai ou colocado em um orfanato.

Durante um trabalho temporário em um ferro-velho, ele conhece Maicon (Tales Ordakji). Seu primeiro encontro não é amigável, mas eles logo começam um relacionamento romântico.

Está claro que o relacionamento deles não é saudável, mas ainda faz sentido para Sócrates mantê-lo, considerando os eventos em sua vida. A química está definitivamente lá e faz com que ver seu relacionamento progredir de uma maneira infeliz (mas realista) seja uma provação mais emocional.

‘Sócrates’ serve como um exemplo de como uma narrativa de alta qualidade pode ser alcançada com um orçamento muito limitado. Mesmo com um tom mais sombrio ‘Socrates’ é uma adição importante ao catálogo de filmes nacionais que valem a pena assistir.

Trailer de 7 Prisioneiros

Matheus Henrique

Estudante de Sistemas de Informação, um amante de games, animes e tecnologia no geral. Além de escritor para o News Geek, escrevo também para outros sites, que pertencem ao Grupo SED.

laissez un commentaire

Articles similaires

Bouton retour en haut de la page