Gege Akutami ‘Provavelmente’ planeja acabar com o Mangá de Jujutsu Kaisen em 2 anos

O criador do mangá de Jujutsu Kaisen, Gege Akutami afirmou em uma entrevista durante o Mangadō Kobayashi Mangá Taishō. Grande Prêmio Akutami Gege “Jujutsu Kaisen” -Akai- programa de televisão em 27 de fevereiro, que o mangá de Jujutsu Kaisen “provavelmente” terminará em dois anos. Akutami acrescentou que não confia nessa declaração.

Akutami foi questionado sobre o quão longe o mangá estava em comparação com os principais pontos de controle do Monte. Fuji e Akutami afirmaram que o mangá era “em torno da sexta ou sétima estação”. As estações numeradas são os principais pontos de verificação ao longo das várias trilhas que levam até o Monte. Cimeira do Fuji. As diferentes trilhas têm um ponto de partida na quinta estação, e a nona estação é o último posto de controle antes do cume.

Akutami também disse que geralmente decidiu como a história terminará. Ele sabe como a história de Megumi Fushiguro terminará, mas não para Sukuna.

Mangá de Jujutsu Kaisen

Mangá - Jujutsu Kaisen | Gege Akutami.
Mangá – Jujutsu Kaisen | Gege Akutami.

A Viz Media publica o mangá em inglês e descreve a história: Em um mundo onde demônios se alimentam de humanos desavisados, fragmentos do lendário e temido demônio Ryoma Sukuna foram perdidos e espalhados. Se algum demônio consumir partes do corpo de Sukuna, o poder que eles ganham pode destruir o mundo como o conhecemos. Felizmente, existe uma misteriosa escola de feiticeiros de Jujutsu que existem para proteger a existência precária dos vivos do sobrenatural!

Yuji Itadori é um estudante do ensino médio que passa seus dias visitando seu avô acamado. Embora ele se pareça com um adolescente comum, sua imensa força física é algo para se ver! Todo clube de esportes quer que ele entre, mas Itadori prefere sair com os párias da escola no Clube de Oculto. Um dia, o clube consegue colocar as mãos em um objeto maldito selado, mas mal sabem eles o terror que vão desencadear quando quebrar o selo…

Akutami lançou o mangá na revista Weekly Shonen Jump da Shueisha em março de 2018. Além disso, a Viz Media publicou os três primeiros capítulos do mangá em inglês simultaneamente com o Japão como parte de sua iniciativa Jump Start. Quando a Viz mudou para seu novo modelo Shonen Jump em dezembro de 2018, a empresa começou a publicar novos capítulos do mangá digitalmente. A Shueisha também está publicando o mangá em seu site MANGA Plus.

O mangá inspirou o anime de televisão do MAPPA, que estreou no dia 2 de outubro e terá 24 episódios. A Crunchyroll está transmitindo o anime para fora da Ásia, enquanto o anime vai ao ar no Japão, e também está transmitindo dubs em inglês, espanhol, português, francês e alemão.

Thalisson Gabriel

Estudante de Analise e desenvolvimento de Software, além de curtir umas paradas nerd, escrevo para o News Geek, e também para alguns outros sites, que pertencem ao Grupo SED.

Deixe um comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo