NASA e SpaceX Irão Explorar Asteroide Feito de Ouro!

ANÚNCIO

E se eu te dissesse que existe um asteroide de ouro em nosso sistema solar cujo o seu valor seria capaz de deixar todos os seres humanos da terra bilionários, você acreditaria?

Pois pode ir acreditando pois ele realmente existe e desperta interesses em empresas como a NASA e a SpaceX, apesar de ser tão valioso e ambas as empresas pretenderem lançar uma sonda rumo ao Asteroide, a missão não vai ser em busca de mineração e sim estudar o Asteroide.

Mas Porque NÃO Minerar o Asteroide de Ouro?

Se trazido a terra apenas um pedaço deste asteroide ele faria com que o valor do ouro caísse no mundo todo gerando um colapso na economia de todo o planeta terra.

Lembrando que este asteroide foi denominado de 16 Psyche e seu valor é estimado em US$ 10.000.000.000.000.000.000 (US$ 10 mil quadrilhões ou 10 seguido de mais dezoito 0).

A sonda Psyche (mesmo nome do asteroide) tem data prevista para ser lançada em 2022 e data prevista de chegar ao solo do 16 Psyche em 2026.

ANÚNCIO

O Asteroide de Ouro fica localizado ente Marte e Júpiter e tem 120 quilômetros de largura, já pensou se este asteroide caísse na terra? Estaria todo mundo morto e não ricos!

Aah, os cientistas acreditam que o 16 Psyche é o resultado de diversas colisões que aconteceram no início da criação do sistema solar, e é por isso que a Nasa e a SpaceX querem explorar ele, para tentar entender um pouco mais sobre o nosso querido sistema solar.

Bom, pelo menos foi está razão que as empresas divulgaram em relação a mandarem uma sondar para lá, mas quem garante que as empresas não pretende minerar o asteroide sem que ninguém saiba e vender o que foi trazido de lá para algum museu por alguns bilhões?

Leia Também: Saiba Tudo Sobre Altered Carbon da Netflix

ANÚNCIO

Ruan Jesus

Me chamo Ruan Henrique e sou escritor do News Geek dentre outros sites pertencentes ao Grupo SED. Tenho uma certa habilidade também em crescimento orgânico de perfis no instagram.

Deixe um comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo