The Witcher da netflix trás players de volta aos games.

sucesso de The Witcher na netflix movimenta os games da franquia

ANÚNCIO

Sucesso inquestionável, The Witcher a nova e tão aguardada produção da netflix estreada por ninguém menos que Henry Cavill (famoso por interpretar o personagem Superman no universo compartilhado da DC nos cinemas). Baseada na serie de livros de mesmo nome com autoria de  Andrzej Sapkowski. Embora não tenha agradado totalmente a critica, tem sido muito bem recebida pelo publico, que ansiosamente aguardava por sua estreia tornando se uma das series mais bem avaliadas da netflix.

Sua grande aceitação, mais do que merecida graças a qualidade entregue ao público que a um bom tempo (desde o anuncio) estavam Hypados com a série teve impacto na franquia tanto literária quanto nos games, trazendo tanto players novos para os games, quanto fazendo players antigos retornarem.

O maior pico registrado se deu no game The Witcher 3: Wild Hunt que atingiu 48 mil jogadores simultâneos na Steam, com estimativa de que 1 milhão de jogadores tenham jogado o game no mês de Dezembro, fora também registradas aumentos significativos nos seus antecessores, The Witcher e The Witcher 2: Assassins of Kings que respectivamente apresentaram picos de 5 mil e 3 mil jogadores ativo de acordo com dados revelados pelo site playtracker .

Sobre a série

A serie é baseada nos dois primeiros livros chamados: O Último Desejo e Espada do Destino, trata-se de um conto épico com foco em Geralt (Henry Cavill), um bruxo caçador de monstros que luta para conseguir encontrar seu lugar no mundo. Quando o destino encaminha Geralt até uma poderosa feiticeira, e uma princesa com um segredo perigoso. Cada episodio recheado com uma perfeita combinação de cenário, figurino, coreografia, comédia e fidelidade a obra original que agrada tanto aos fãs quando facilita o entendimento de quem está tendo seu primeiro contato.

Matheus Henrique

Estudante de Sistemas de Informação, um amante de games, animes e tecnologia no geral. Além de escritor para o News Geek, escrevo também para alguns outros sites, que pertencem ao Grupo SED.

Deixe um comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo